Arroz arbóreo

Enquanto isso, no supermercado:

– Que diabos de arroz é esse que você está procurando? Nunca ouvi falar nesse “arroz arbóreo“, não dá para fazer o risoto com “arroz normal” (agulhinha)?

Vou explicar então o que é o arroz arbóreo e você me ajuda a responder a pergunta, combinado?

Para começar, “arroz arbóreo” é um tipo de arroz, entre vários outros existentes e que estão ficando mais conhecidos nos últimos anos. Um tradicional arroz italiano, de grão médio (entre 5 e 6 mm), que tem uma enorme capacidade de absorção. Para você ter uma idéia, ele pode absorver uma quantidade de líquido de até 3 vezes o seu volume. Já imaginou isso? Arroz baiacu!!! 🙂

Com uma absorção dessas, tente responder àquela pergunta.

O arroz arbóreo não é só o mais indicado para o preparo de risotos, mas também para outras receitas que levam arroz e que ficariam perfeitas se os grãos pudessem “chupar” bastante do líquido gostoso em que são cozidos, para ficar bem saborosos.

Outra característica forte do cozimento do arroz arbóreo é que ele libera muito amido, fazendo com que o prato fique mais cremoso, com uma consistência ótima para risotos.

Ok, só falei de risoto até agora e esse tipo de arroz não se destina apenas a esse prato! Quer um exemplo bem diferente, para clarear sua mente? Arroz doce. Fica muito melhor com o arroz arbóreo do que com o “arroz comum” (esse que você come sempre).

O preço é mais alto do que o do arroz que consumimos normalmente (agulhinha), mas dá muito bem para pagar sem sofrer. Vale a pena e, na minha opinião, é insubstituível naqueles tipos de receitas que falei.

No supermercado, fica junto com o arroz que você já conhece. Procure com calma que você acha! Já tem esse tipo de arroz disponível em diversas marcas, então é fácil encontrar em qualquer mercadinho (ok, nem tão pequeno assim).

Vou providenciar umas receitas com arroz arbóreo para você entender melhor sobre o cozimento dele. Por enquanto, basta você saber que ele absorve muito líquido e que o ideal é que ele fique “al dente“. Não deixe passar desse ponto, senão vai ficar “empapado”.

Siga a receita que for fazer bem direitinho, enquanto não aprende a cozinhar esse tipo de arroz por conta própria! (Nem vem depois falar que o arroz grudou, a culpa terá sido sua! Eu avisei.) 😛

Mostre isso pro mundo:

Quem escreve

Criei este blog em 2007 como quem não quer nada e ele se tornou a melhor coisa que já fiz na vida! Aqui eu compartilho tudo o que sei sobre culinária, conto minhas histórias e ajudo quem precisa das primeiras lições na cozinha.

11 comentários… add one
  • Maurício Souveral mar 7, 2013, 9:45 pm

    A explicação é mravilhosa!
    Esse tipo de arroz é o ideal para fazer rizoto de camarão!!!!
    Fica uma delícia al ente não esqueca!

  • joão fev 25, 2013, 10:10 pm

    Cadê a receita do arroz arbóreo?

  • Ana Paula fev 23, 2013, 11:09 am

    Adorei a explicacao, facil de entender, muito pratica. Parabens!

  • liberio df fev 12, 2013, 11:56 am

    satisfeito, aprendi a usar o arroz (baiacu).

  • Rodrigo Viana jan 6, 2013, 6:50 pm

    adoreeei, mulher!!!!!!!!!

  • Zeantonio Lopes dez 30, 2012, 12:09 pm

    adorei a explicação, muito obrigado, fiquei feliz

  • Mamig Olivsan nov 22, 2012, 12:53 pm

    VOU COMPRAR HOJE E FAZER O RISOTO NO FINAL DE SEMANA……………

  • Edna Innocêncio nov 2, 2012, 10:31 pm

    que legal, vi a receita de risoto e fiquei curiosa para saber que arroz era este.Agore estou satisfeita com a explicação. Obrigada!

  • Thais Ribeiro Basilio out 8, 2012, 9:50 pm

    ah, esclarecido! quanta coisa que a gente nao sabe nessa vida né.. rs

  • Ana Lúcia de Oliveira set 20, 2012, 12:58 pm

    Puuuxa ! Era isso que eu precisava saber !Obrigadinha !

  • Rosania Oliveira set 11, 2012, 12:21 pm

    me ajudou muito

Leave a Comment