Tender

by Vanessa Nunes

in Carne Suína

Post image for Tender
PinExt Tender

Tender é super fácil de fazer e muito bem-vindo nas festas de fim de ano. É, na verdade, um grande presunto que todo mundo gosta, inclusive as crianças. O mais comum é de carne suína mas você também pode comprar de peru, por exemplo.

O tender suíno pode ser comprado com osso (que é o grandão) ou na versão “bolinha”, que é pequeno e sem osso. Eu prefiro comprar o bolinha, porque acho mais prático, mais fácil e rápido de fazer. Se tem muita gente para comer, é só fazer mais de um! icon smile Tender

O preparo é o mesmo para todos os tipos que falei. Pode ser feito tanto no forno convencional quanto no microondas. Claro que o tender com osso é muito grande e só vai caber no seu microondas se ele for gigante!

Eu vou falar em “cozinhar” mas na verdade o tender já vem cozido. O que eu quero dizer é “cozinhar mais”, rsrs! Os fabricantes chamam só de “aquecer”.

Vou dar uma “receita básica universal” (!!), de uma forma que você aprenda a fazer qualquer um dos tipos, em qualquer forno e com o tempero que preferir.

Receita de Tender

Ingedientes:

Tender com ou sem osso (o que você escolher)

Mel ou glicose de milho para bezuntar (“glicose de milho” é o “Karo”, sabe?)

Mostarda

Suco de maracujá para temperar (o concentrado de garrafinha mesmo) ou suco de laranja (compre o suco pronto)

Vinho branco ou tinto seco (qualquer um dos dois tem que ser seco. Se tiver alguma dúvida na hora de comprar, peça ajuda no mercado dizendo que precisa de um vinho para temperar carne. Não aceite nenhum que não seja seco). Pode ser um espumante qualquer (fica bem mais fácil comprar o espumante e aí você aproveita e toma um goró enquanto cozinha)

Cravos (escolha os mais bonitos)

Modo de preparo:

Abra a embalagem e verifique se não tem nenhum plástico agarrado no tender. Costuma vir com uma película bem fina, cuidado para não deixar ela pra trás!

Eu lavo o tender em água corrente porque sinceramente acho ele meio nojento. Você pode passar um papel toalha para tirar aquela gosma, em vez de lavar. Ou também pode deixar gosmento, o que não tem problema.

Coloque-o em uma vasilha ou use logo um refratário, para você colocar para assar direto. É bom que seja um recipiente maior do que o tender, para dar para você mexer por ali à vontade.

Pegue uma faca bem afiadinha porque a gente vai começar a fazer os riscos!

É o seguinte: você tem que cortar com a faca em torno dele, sem ser fundo. São riscos que vão um pouquinho mais fundo do que a pele, apenas isso. Você vai com a faca cortando na diagonal, primeiro fazendo linhas para um lado, depois para o outro. Deixe de 2 a 3 centímetros de distância entre as linhas (que são paralelas). No fim, você vai ter feito vários losangos. Entendeu como?

Vou tirar uma foto do tender no Reveillon com os cortes feitos, porque esse aí do Natal dos amigos (foto principal do post) eu fotografei só fatiado. Enquanto isso, olhe a foto do tender da Sadia:

tender semi desossado sadia Tender

Comece a temperar com todos os ingredientes que escolheu. Só os cravos que você deixa guardado para usar depois.

Não tem uma quantidade exata de nada, mas acho que seria uma boa referência você colocar 1 xícara (chá) do suco que tiver escolhido e uma de vinho (ou espumante). Já a mostarda e a glicose de milho, você pode fazer dois círculos grandes com cada um sobre o tender.

Bezunte com as mãos, deixando que o tempero entre nos cortes que você fez.

Depois de bezuntar bastante, comece a enfiar os cravos nas pontas dos losangos, como na foto!

Leve para assar no forno convencional ou no microondas.

O tempo de cozimento varia de acordo com o peso e vem explicadinho na embalagem. Embora eu devesse dizer para você seguir as instruções corretamente,  na minha família a dica é: ignore a indicação de tempo da embalagem e cozinhe até ficar com os cortes bem abertos. Dá super certo e você aprende, em vez de seguir o passo-a-passo.

Eu cozinho no microondas, parando a cada 5 minutos (no máximo) para regar o tender com o molho que fica no fundo do recipiente. O caldo acaba ressecando, aí é só colocar um pouco de água nele e mexer. Quando os cortes ficam, digamos, “arreganhados” (não encontrei palavra melhor), eu sei que está bem cozido. Para a pele ficar douradinha, é só passar para o forno já quente em temperatura alta por alguns minutos.

Você também pode cozinhar desde o início no forno, seguindo a mesma lógica do aspecto dos cortes para saber se está pronto. Também tem que regar, senão resseca tudo.

A temperatura do forno é média e não precisa preaquecer.

No microondas, use uma potência média (já ensinei a mexer na potência do antes, mas vamos lá de novo: aperte o botão de potência para ver qual é a máxima do seu aparelho e descubra como faz para mudá-la. Normalmente é apertando o próprio botão ou digitando no teclado. Aí você coloca um número médio, por exemplo: meu microondas tem potência máxima 10, então eu colocaria na potência 6 ou 7, porque menos do que isso é baixa demais).

Eu não uso, mas você pode assar no forno convencional cobrindo o tender com um papel alumínio, com o lado brilhoso para dentro. Ele “faz um forninho”, ajudando a cozinhar melhor. Como não dá pare ver o tender assando dessa forma, sugiro que siga o tempo de cozimento indicado na embalagem. Provavelmente vai dizer para retirar o papel no final, para dourar.

Sério, não tem mistério nenhum no preparo de um tender. É muito fácil fazer e eu dei todas as dicas! Porém, é importante caprichar nesse tempero porque tender sem gosto é muito ruim!

Agora você pode fazer o tender livremente, sem ter que seguir estritamente uma receita. Ele pode ser feito com outros líquidos ácidos e cítricos, mas esses que eu sugeri são as melhores opções (pode apostar!).

Vou falar outra coisa importante, hein? Lá vai: o da Sadia é infinitamente superior. Não economize!

Ah, já ia me esquecendo:

Molho para o tender

Use o restinho do caldo que ficou no fundo do refratário após o cozimento para fazer um molho para servir com o tender.

Acrescente água para o molho ressecado soltar bem do fundo! Vai ficar ralo, aí você pode engrossar aquecendo e acrescentando aos poucos amido de milho (Maizena) dissolvido em um  água, até chegar ao ponto que desejar (dissolva uma colherzinha pequena do amido de milho em dois dedos de água dentro de um copo) ou então use farinha de trigo.

Experimente para verificar o sabor do molho e adicione os ingredientes que usou para temperar o tender conforme quiser, até deixá-lo bem gostoso!

Se tiver algum outro molho pronto ou uma receita que conheça que vá bem com o tender, manda bala!

Ufa! icon smile Tender

Bon Appétit!

PinExt Tender
Curtiu muito? Compartilhe aqui:
  • facebook Tender
    Facebook
  • twitter Tender
    Twitter
  • googlebuzz Tender
    Google Buzz
  • printfriendly Tender
    Print

Você também deve gostar disto:

  • Suzi Pantoja

    Agradeço por suas explicações e foi de grande valia, gosto de cozinhar e suas dicas me ajudarão a arrazar no jantar, obrigada.

  • Maria Dolores

    Valeu!!

  • http://vanioamorimreis@hotmail.com vanio amorim dos reis

    eu quero aprende muito isto ?????

  • VILMA

    muito gostoso!
    Eu achava que nunca faria um mas é simples mesmo…Agora quanto ao goro deixei pra proxima vez kkkkkkkkkkkkkkkk

  • http://www.facebook.com/people/Joanna-Alves-De-Andrade/100001995550482 Joanna Alves De Andrade

    Achei legal muito legal mesmo este site,É tudo do que eu gôsto , achei supinpa a receita do tender

Previous post:

Next post: