Steak, faça você mesmo!

Seu bife parece uma sola de sapato???

Você vai ao restaurante só pra comer um BOM bifão??

Isso não te pertence mais!!!!

Vou te ensinar a fazer um belo “steak“! (Lê-se “steique” e não “stique”, ok???)

A começar pela carne que você compra. Dizem as más línguas que contra-filé é uma ótima carne pra fazer bife, mas é muito cheio de nervuras e tem que bater bem para amaciar a carne, ficando fino demais para ser suculento. (Não serve para steak mesmo, mas para um bife acebolado cai bem.)

Eu, honestamente, compro só alcatra ou filé mignon. Quando não tem uma bandeja pronta com o que preciso, peço pra partir em filés bem gordinhos!

Como fazer um Steak em casa

Ingredientes:

Filés de carne partidos em pedaços grossos

Sal

Pimenta do reino

Modo de preparo:

Caso não tenha uma panela antiaderente, use um pouco de gordura para não grudar (manteiga, azeite ou óleo). Cuidado para não deixar ela queimar, hein?!

Com a panela já ao fogo, coloque um pouco de gordura para forrar o fundo.

Quando a panela e a gordura estiverem bem quentes, adicione o filé. No máximo 2, se sua panela for grande.

Não mexa na carne.

A panela quente em contato com o lado de baixo do filé, irá “selar” a carne, o que significa que vai formar uma capa e manter a umidade dentro dela.

Quando você observar que a carne está “sangrando por cima” (o sangue irá subir pra superfície), é a hora de colocar o temperoSal a gosto e pimenta do reino!

Não tem como eu dar uma medida certa, você vai ter que ir experimentando até se acostumar com a quantidade. Eu uso mais ou menos o mesmo tanto de sal e pimenta.

Depois de temperado, dê uma olhada se o lado de baixo já está dourado, com cara de grelhado.

Não deixe queimar!!!!

Vire a carne e repita o tempero do outro lado. Como a carne está selada, não vai “sangrar por cima” desta vez. Pode colocar logo o tempero! Espere a carne dourar de novo por baixo e está pronto!

Esta receita é pra quem gosta do steak como ele deve ser, mais para mal passado por dentro. Nas steak houses você pede “ao ponto” e vai ver direitinho como deve ficar.

Se quiser mais bem passado, use filés mais finos ou deixe cozinhando por mais tempo. Pode diminuir o fogo depois que a carne já estiver selada, nesse caso.

Caso queira incrementar o sabor, use aqueles molhos prontos tipo barbecue, chutney, mostarda etc.

Ah! Faça um arroz para acompanhar!

Bon Appétit!

OBS.: Essa foto é a porta da minha cozinha num almoço que fiz para os amigos! 🙂

Mostre isso pro mundo:

Quem escreve

Criei este blog em 2007 como quem não quer nada e ele se tornou a melhor coisa que já fiz na vida! Aqui eu compartilho tudo o que sei sobre culinária, conto minhas histórias e ajudo quem precisa das primeiras lições na cozinha.

Comments on this entry are closed.

  • É preciso bater na carne seca sempre, numa alcatra por exemplo?

    E com relação à secar a carne com papel-toalha, é necessário?

    Obrigado pelas dicas!

  • Vanessa Nunes

    Natalia,
    Fogo alto sempre, a menos que você queira deixar a carne bem passada. Aí, depois de selar, abaixe um pouco o fogo para ela cozinhar melhor por dentro sem queimar por fora!
    Bjo

  • Natalia

    Adorei a dica!
    Só uma questão: fogo alto sempre?

  • Salvou a minha vida!!!

  • Vou pensar no seu caso!!!

  • Quero um almoço desse tb viu!! rsrs

  • Cara, amo esse blog/site.
    Pensa numa menina de 14 anos que não sabe fazer nada na cozinha?
    Sim, essa sou eu…
    Mas eu estou aquiii, e vou aprender :DD

    Obrigada por nos dar esse socorro:)

  • Pingback: Como fazer feijão! « Socorro na cozinha!()

  • Pingback: Bife acebolado « Socorro na cozinha!()

  • socorronacozinha

    Débora, os meus também eram!
    Tomara que os seus também deixem de ser!
    😉
    Beijinhos,
    Duda

  • Debora

    Essa foi otima, meus bifes realmente pareciam uma sola de sapatooo, valeu pela dica da espessura!