Purê de batata

by Vanessa Nunes

in Batata

Post image for Purê de batata
PinExt Purê de batata

Purê de batata é uma comida democrática. É barato, rende bastante, não agride o estômago, vai bem com quase tudo e ó: nem precisa ter dente pra comer!

Aliás, faz um tempinho que uma pessoa querida apareceu aqui no blog dizendo que tinha feito uma cirurgia na boca e precisava de comidas pastosas, tipo esta. Então eu vim prestar um socorro muito eficiente, agora que ela já deve estar mais do que bem recuperada – mas poderá se preparar para a próxima, rsrs!

Você que tem uma criancinha banguela e faminta em casa, aproveite! O purê de batatas pode servir como base para aquelas papinhas em que você tenta aproveitar a mesma comida dos adultos, para facilitar as coisas. Misture o feijão, uma carninha bem desfiada, legumes amassadinhos… Só não se esqueça de elaborar uma refeição balanceada. Além do carboidrato (no caso, a batata), seu bebê precisa de proteínas, vitaminas e tudo aquilo que o pediatra deve ter recomendado. (Caramba! Papinha é um “prato único“, agora que me dei conta disso, rsrs! Já posso ser mãe!!)

Receita de Purê de Batata

Ingredientes:

1 kg de batatas

4 colheres de manteiga (você vai decidir no futuro se vai continuar usando esta quantidade)

1 xícara de leite (na verdade esta medida pode variar entre 1/2 xícara e 1 xícara mais um pouco. Vou explicar a função do leite e você decide quanto vai usar)

Sal a gosto (eu sei que muita gente odeia esse negócio de “a gosto” ou “o quanto baste”, mas às vezes não se tem escolha senão pedir para você ir provando para ver se está “ao seu gosto”! Tá bom, vai! Comece com uma colher de chá e vá acertando a medida do sal.)

Pimenta do reino branca e/ou noz moscada ( é opcional! Use, de preferência, moídas na hora. A quantidade você já sabe como descobrir – acabei de dar o link -, mas comece com bem pouco, o suficiente para olhar por cima e dizer que colocou. Entende? A noz moscada é menos ainda do que a pimenta. Ela só tem que constar lá, apenas “um cheiro” – estou ficando cada vez mais subjetiva, parei de falar.)

Água para cozinhar as batatas (o suficiente para cobrí-las bem)

Modo de preparo:

Preciso começar te explicando uma coisa em relação ao cozimento das batatas na água, porque você ainda vai fazer isso muitas vezes na sua vida (é o que estou esperando de você), para diferentes receitas.

Descascar e cortar as batatas faz com que elas cozinhem mais rápido. (Pense bem nas aulas de física.) Porém, isso costuma fazer com que elas fiquem mais encharcadas (mesmo raciocínio anterior, captou?) e isso não é legal.

Bom mesmo é cozinhá-las inteiras e com casca, deixando para descascar e cortar quando ainda estiverem quentes, que é quando a casca sai com muita facilidade.

Colega, você já brincou de “batata quente”?

Pois é. Eu poderia parar por aqui e ficar rindo de você, que é mais iniciante do que eu, mas sou muito, mas muito legal!

É que é meio insuportável segurar uma batata quente, então, apesar da facilidade na hora de tirar a casca, acabamos preferindo descascá-las antes de cozinhar na água. Mais tranquilo, né?

“E se eu quiser deixar com casca? Não pode?”

Pode também! Só não se esqueça de lavar esfregando a casca com muita vontade antes de cozinhar as batatas e faça todo o resto normalmente. Não invente de bater no liquidificador para fazer as cascas “sumirem”, nem no processador ou algo parecido, porque isso vai deixar seu purê viscoso.

Caso esteja com muita pressa, descasque as batatas e corte as maiores em cruz (quatro partes) e as menores ao meio. Bem, pelo menos tente deixar os pedaços do mesmo tamanho.

Não fure as batatas para cozinhar na água! Sei que é tentador mas, sem os furos, a absorção de água durante o cozimento será reduzida.

Se puder, cozinhe as batatas sempre com 1 hora de antecedência e deixe-as num escorredor. Assim, elas vão ter tempo para secar e seu purê vai ficar mais fofo!

 

batatas escorredor Purê de batata

 

Agora, o cozimento propriamente dito:

Coloque as batatas (seja lá como estiverem) em uma panela grande e funda, cobertas de água e uma “pitada de urso” de sal (que seria uma colher de chá, por aí).

Deixe ferver e cozinhe até que você espete uma faca e não encontre resistência (olha só, elas não vão gritar. “Verificar a resistência” seria “ver se a faca vai entrar nelas com facilidade”).

Na verdade, o ponto de cozimento é você quem decide, porque você pode estar querendo batatas mais ou menos cozidas, conforme a receita. Para purê é bom cozinhar bastante.

O tempo vai variar entre 15 e 30 minutos, porque também depende do tamanho das batatas, se estão descascadas ou não, se estão sendo cozidas em pedaços ou inteiras.

Escorra as batatas num escorredor (“Óóó, jura? Não é no varal?”).

Enquanto isso, seque a panela, com cuidado porque vai estar quente, e volte-a para o fogo médio-baixo com: o leite, o sal, a pimenta do reino branca ou a noz moscada (se quiser) e a manteiga.

Quando a manteiga já estiver quase toda derretida, desligue o fogo.

Passe as batatas pelo espremedor.

Puts, você não deve ter um espremedor de batatas em casa, acertei? Caso nem saiba o que é “esse treco”, imagine um espremedor de alho grande veja a foto abaixo. Você coloca as batatas dentro, fecha e aperta. Elas vão sair como se fossem “minhoquinhas”. (Meu Deus, isso me lembra muito a massinha da escola na minha infância, adoro!)

Tem também o “amassador de batatas”, que você usa para esmagá-las. É mais simples e mais fácil de lavar, mas eu prefiro fazer purê com o espremedor.

espremedor amassador batata Purê de batata

 

A hora da “minhoquinha” é quando você não consegue controlar a vontade insuportável de comer uma colherada. Vá em frente, faz parte.

 

batata espremedor Purê de batata

 

Depois de espremer todas as batatas, incorpore o leite que está na panela e misture com um garfo.

Volte tudo para o fogo (médio-baixo) na mesma panela, mexendo bastante com uma colher de pau (ou espátula de silicone). Mas é para mexer bem mesmo!

Mexa, experimente, acerte o sal, o leite e a manteiga até chegar à consistência desejada.

Dica: a manteiga serve para dar liga e o leite para dar mais corpo e deixar o purê com uma textura aveludada! Pense nisso na hora de regular esses dois ingredientes.

Depois de pronto, é sempre bom mexer mais um pouco.

Está pronto o seu purê de batatas! Diz para mim se não é uma receita fácil para o seu dia-a-dia?

Aproveite e faça uma carne moída para acompanhar, é sempre uma ótima combinação!

 

Bon Appétit!

PinExt Purê de batata
Curtiu muito? Compartilhe aqui:
  • facebook Purê de batata
    Facebook
  • twitter Purê de batata
    Twitter
  • googlebuzz Purê de batata
    Google Buzz
  • printfriendly Purê de batata
    Print

Você também deve gostar disto:

  • simone

    Adorei explicação de forma descontraída
    Parabéns

  • eliziane barbosa

    explica coisas que nem é preciso . tentando fazer graçinha . nem ajudou muito ja fazia da forma certa

  • Guilherme

    Eu fiquei na dúvida se é pra escorrer a água no escorredor ou no varal. Simplifica aí, muié!

  • Aline

    Caraca meu purê ficou salgado d+ kkkk
    Fui fazer só com 3 batatas pra mim e minha irmã aí deu nisso kkkk
    Comemos tudo assim mesmo, da próxima boto menos tempero.

  • Bruna

    Amei seu blog. Essa é a primeira receita que vejo e aqui e já gostei. Continue explicando assim, desse jeito despojado. De receitas objetivas, a internet tá cheia. A alegria ao descrever como faz a receita que é o seu diferencial (e é ótimo pra quem é aprendiz como eu rs).

  • Daniel

    Parabéns! explicação perfeita e alegre, continue assim

Previous post:

Next post: