Miojo Cebola e Óleo

(Atualização: eu era essa pessoa aí debaixo há 7 anos, por isso este post está um tanto quanto incoerente com o que venho escrevendo atualmente (veja todos os posts da tag “Miojo“). Apesar disso, resolvi não editar o texto e apenas avisar que eu mudei, rs! Todo mundo tem salvação!)

Sou uma daquelas pessoas, abençoadas por Deus, que gosta de miojo.

Faço a festa na seção de miojos no supermercado, compro todos os sabores novos para experimentar. Mas não é qualquer macarrão instantâneo não, as outras marcas que me perdoem mas o apelidado “kinojo” tem que ser da Nissin (pelo menos até a presente data). Ai, ai, mais uma oportunidade de encher meu cofrinho perdida neste post.

Quando faço aquelas viagens malucas com os amigos, não passo aperto. Como macarrão instantâneo no almoço, no jantar e não canso.

Aliás, você já comeu o miojo cru?? Hummm, é uma delícia. Parece um biscoitinho. Eu não como o miojo inteiro cru né, só aqueles pedacinhos que sobram no fundo do pacote. Às vezes até chego a quebrar uma lasca antes de levar ao fogo, muito bom! Tinha até uma comunidade no orkut para os adoradores de miojo cru.

Claro, de tanto comer miojo, acabei desenvolvendo umas técnicas especiais.

Não vou ensinar a cozinhar o macarrão porque isso você lê na embalagem, né?! Me poupe!!! E tenho dito.

No inverno, quando está bem frio, gosto de comer o Miojo com aquele caldo que fica se você seguir a receita. É uma coisa meio “sopa de macarrão”, né?! Na primavera, verão e outono eu como sem o caldo. 🙂

Nossa, falando em miojo com caldo, me lembrei de um trauma de infância, vou contar.

Tinha uma tia avó que morava na mesma rua que eu. Minha mãe vivia me levando lá, sempre no final da tarde. Meu tio avô era meio estranho. Ele não gostava de criança, ficava com a cara amarrada o tempo todo. Acho que era para eu não falar com ele, até porque eu falava consideravelmente bastante. (Agora que eu não sou mais criança ele gosta de mim, mesmo falando muito ainda.)

Voltando às visitas, a gente sempre ia lá na hora do miojo. A tia fazia, todo santo dia, um miojo assim com caldinho pra ele. Aliás, eram dois numa panelada só! Disso eu me lembro muito bem! Hummm, e tinha um cheiro maravilhoso… Sempre com o sabor “galinha caipira” (meu preferido, coincidentemente ou não).

Eu ficava aguando no prato dele e ele só dava aquela olhada de lado pra mim… Parecia que ele ia falar “xinspa!!”. Eu botava o rabinho entre as pernas e engolia a saliva toda. A tia chegou a me oferecer umas vezes (claro, eu “dava na cara” que também queria) mas eu tinha até medo de aceitar. Pra você ver, acho que é por isso que eu como miojo com tanto gosto hoje! É trauma!!!

Antigamente não existiam esses sabores “cremosos” que, na minha opinião, nem todos são bons. Apesar de que o “Talharim” é bem antigo e é delicioso.

Eu fazia meu próprio miojo cremoso. Esperava ele cozinhar, tirava a água, colocava o tempero do pacote, uns queijos, requeijão… Humm, era ótimo! Agora, eu faço uma coisa bem menos engordativa, usando cebola. Já chega o tanto de massa que você vai mandar pra dentro né?!

Vai por mim, com cebola fica mais gostoso do que com alho! Então, em vez de “alho e óleo”, é um “cebola e óleo”!

Receita de Miojo Cebola e Óleo

Ingredientes:

Miojo
Cebola
Sal
Manteiga

Modo de Preparo:

Cozinhe o Miojo conforme a explicação da embalagem. Não deixe passar do tempo porque não pode cozinhar muito.

Escorra a água todinha.

Rale um pouco de cebola (quantidade a gosto) em ralo pequeno (não é no ralo da pia e nem do banheiro! É o lado com buraquinhos menores do ralador. Fala-se “ralo” para fazer essa referência).

Em uma panela, derreta a manteiga (uma colher de sobremesa já basta, mas use quanto quiser) e adicione a cebola e o sal (a gosto).

Quando tiver com um cheiro bom e bem derretido, acrescente o macarrão. Mexa bem. Vá puxando os fios para cima, pra não virar uma papa.

Está pronto! Com o saquinho de tempero você faz o que quiser. (Vai com calma…)

Esse Miojo é um “basiquinho”. Você pode inventar várias coisas em cima dele! Por exemplo: se quiser, coloque uns cubinhos de bacon junto lá da manteiga, cebola e sal. Aí você espera ele dar uma dourada e acrescenta o macarrão. E por aí vai…

Depois conta aqui o que você inventou!!

Se você tiver alguma receita bacana com Miojo, escreva aqui nos comentários!

Veja também o Miojo com leite!

Bon Appétit!

Mostre isso pro mundo:

Quem escreve

21 comentários… add one

Leave a Comment