Canjica Cremosa

by Vanessa Nunes

in Cremes

Post image for Canjica Cremosa
PinExt Canjica Cremosa

As Festas Juninas e Julinas já se foram e você ainda está com vontade de comer uma canjica bem quentinha. Por que você não faz em casa?

Se a desculpa é que você não sabe fazer ou que a sua fica parecendo uma água suja de branco com caroço, vim aqui para te ajudar.

Não se assuste com o tamanho do texto, ele ficou grande porque eu quis explicar minuciosamente cada detalhe para você não ter dúvida nenhuma.

Fiz umas fotos ótimas da canjica sendo preparada mas não sei onde enfiei! Como o inverno acaba rápido na maior parte do país e você não pode esperar, vou postar a receita e depois atualizo com as fotos, ok? As fotos ficaram péssimas, mas deu para ilustrar um pouco.

Receita de Canjica Cremosa

Ingredientes:

1/2 kg de canjica (1 pacote daqueles que você sempre vê no mercado)

Água para cozinhar

20 cravos

2 paus de canela grandes. (Se for daqueles que medem uns 4 dedos, use 4 paus)

1 vidro pequeno de leite de coco (200 ml)

2 latas de leite condensado (do mais caro, que é o melhor)

1 caixa de leite (a quantidade é gosto, mas uma caixa dá. Prefiro leite integral e quando uso o desnatado, é sempre o Molico. Você também pode usar leite em pó dissolvido em água, na mesma quantidade do leite em caixa. Só que não dissolva tudo antes, espere chegar a hora do leite para ver quanto precisa.)

Dica: Tenha leite em pó em casa, porque lá no meio da receita eu vou te convencer a usá-lo no lugar do leite (parcialmente). Você também pode precisar de um pouco de açúcar, para adoçar.

Importante: Os ingredientes podem ser substituídos por opções light, desnatado e adoçante culinário.

Modo de preparo:

Lave a canjica em água corrente, usando as mãos para ajudar a eliminar a água branca que vai sair. (Use um escorredor de arroz ou de macarrão, ou uma peneira).

Canjica lavada, é hora de cozinhar!

O melhor é cozinhar na panela de pressão, que você já aprendeu a usar com segurança, porque os grãos cozinham infinitamente mais rápido – assim como o feijão. Mas, se você não tiver uma ou não quiser encarar essa “prova de habiliadde específica”, cozinhe em uma panela normal, enchendo sempre de água quente para não deixá-la secar.

Ah, se quiser deixar a canjica de molho na água de um dia para o outro, como muita gente faz, ela vai cozinhar mais rápido. Neste caso, use uma vasilha de vidro ou qualquer uma que não seja de alumínio, porque elas soltam alumínio na comida. Cubra os grãos com água fria para deixar de molho.

Se não deixar de molho, não tem problema nenhum, principalmente se for usar a panela de pressão.

O cozimento é igualzinho ao do feijão:

Encha a panela de pressão com uns 2 litros de água e acrescente a canjica. Observe se não ultrapassou o limite indicado no interior da panela. Se tiver passado, tire água até ficar na altura da linha. O importante é respeitar a linha e ter bastante água para o cozimento.

Deixe cozinhar por 40 minutos. Após esse tempo, abra a panela (não abra uma panela de pressão sem saber a forma correta de fazer isso) e veja se cozinhou. Se a canjica não estiver cozida e tiver pouca água, coloque mais água e volte para o fogo na pressão.

O cozimento depende do seu gosto. É você quem sabe se prefere ela mais cozida ou mais durinha.

Depois de cozida, você pode escolher se vai temperar tudo de uma vez ou não. Se for congelar a canjica, aconselho temperar quando for descongelar, para ficar mais “fresquinha”, mas também pode congelar pronta (descongele acrescentando mais leite).

Depois de cozida, aproveite a água do cozimento. Mas ela tem que estar “grossinha” (mais encorpada). Se estiver rala, deixe cozinhar mais. Pode ser na pressão ou com a panela aberta mesmo – que é melhor quando a canjica já estiver no ponto que você deseja.

Agora, se você for usar a canjica comprada cozida (ou que você cozinhou ontem, deixou na geladeira e só hoje vai temperar), na hora que começar a esquentar, coloque 1 litro de água.

Bom, independentemente de como você cozinhou a sua canjica, olhe bem para ela neste momento. Se ela estiver com caldo do cozimento e ele estiver encorpado, siga em frente. Se não, volte dois parágrafos!

Use fogo médio, baixando sempre que achar que o fundo pode estar correndo risco de queimar (não se preocupe, você vai perceber isso, se acontecer).

Comece colocando logo os cravos e a canela para apurar o sabor. Adicione o leite de coco e o leite condensado. Fique mexendo o tempo todo, porque se a panela ficar parada o fundo pode queimar! Aliás, use uma espátula daquelas de silicone ou uma colher de pau, essas são as melhores opções para esse tipo de receita.

Você pode tirar quase todos os cravos e a canela se perceber que estão “amarelando o caldo”. Realmente, eles podem soltar um pouco da cor e deixar a canjica menos branca. Se quiser ela branquinha, é melhor remover depois de algum tempo e, quando estiver pronta, colocar de novo.

A esta altura, a canjica ainda vai estar aguada, mas conforme for cozinhando, o caldo vai engrossar. Não tenho como te falar o quanto o caldo precisa engrossar. Na verdade, isso depende de cada um, mas acho que perceber que “o caldo engrossou” não é algo tão difícil assim!

Ahá, aqui está o pulo do gato! Se fosse uma receita qualquer, esta seria a hora de desligar o fogo. Como a gente quer uma canjica cremosa, a receita continua…

O caldo já engrossou, mas você vai ter que fazer ele passar por esse processo mais uma vez. Para isso, você pode colocar o leite (de caixinha ou leite em pó dissolvido em água), para deixar ele mais ralo de novo.

A quantidade é aquela suficiente para você ver que o caldo “raleou” (da conjugação do verbo: eu raleio, tu raleias, ele raleia, nós raleamos, vós raleais, eles raleiam).

Entre as opções de leite (normal ou em pó), é bom ter em mente o seguinte:

- Você já usou leite condensado, então seria melhor optar pela água;
- Usando leite, você vai ter que colocar açúcar para adoçar;
- O leite em pó pode eliminar a adição de açúcar, porque ele é bem docinho;
- Leite em pó com leite nem pensar! Vai deixar sua canjica muito “gorda” (já você, vai engordar de qualquer jeito, não se preocupe). Só use o leite em pó se for com água.

Eu, por exemplo, começo adicionando leite em pó (uso umas 5 colheres de sopa de leite em pó em uns 200 ml de água).

Depois de acrescentar leite em pó dissolvido (ou o leite de caixinha, se for sua escolha), vá mexendo para engrossar de novo, mesmo esquema de antes.

O gosto dela agora, enquanto está engrossando, não é muito doce, tem mais gosto de coco. Espere ela engrossar de novo para provar, porque ela vai “reduzir” e ficar mais docinha.

Se achar que precisa de açúcar, vá colocando a gosto mas mexa bem antes de experimentar. Se for preciso, vá equilibrando o sabor com leite (agora não recomendo o leite em pó). Não exagere no açúcar.

O importante é que, no final, o tempero tem que estar ao seu gosto e o caldo tem que estar cremosinho. Se você colocar muito leite no final e ela ficar rala, vai ter que engrossar de novo!

Se quiser colocar amendoim, faça ele torrado e adicione à canjica quando ela estiver pronta.

Sirva quente (para mim, tem que ser quente) ou fria, se preferir assim.

Conserve na geladeira.

Depois de esfriar, ela vai ficar bem mais grossa, praticamente sem caldo.

Se quiser esquentar ela toda de uma vez na panela, adicione leite e mexa até a hora de desligar. Se for aquecer no microondas (ela toda ou só a sua porção), também acrescente leite e misture antes de esquentar.

Não gosto de canjica com amendoim, mas adoro comer com paçoca por cima! Humm…

Bon Appétit!

 

canjica cremosa Canjica Cremosa

Canjica cremosa prontinha para servir!

PinExt Canjica Cremosa
Curtiu muito? Compartilhe aqui:
  • facebook Canjica Cremosa
    Facebook
  • twitter Canjica Cremosa
    Twitter
  • googlebuzz Canjica Cremosa
    Google Buzz
  • printfriendly Canjica Cremosa
    Print

Você também deve gostar disto:

  • Ro Souza

    Escolhi fazer essa receita pelo jeito q explicou. Amei, pq não entendo muito de cozinhar e vc diz pq fez de um jeito ou de outro. Obrigada.

  • Leticia Almeida

    Acabei de fazer. Não coloquei leite de coco, apenas o coco fresco ralado e amendoim no final. Não precisou colocar mais açucar, foi a. Primeira vez que fiz e ficou uma delícia!

  • Michelly

    nossaaaa..vc é ótima….adorei a receita….

  • fernanda

    Hum vou fazer agora mesmo, nem vou deixa-la de molho, pois isso era dúvida que eu tinha há muito tempo

  • fernanda

    Poxa NUNCA vi uma receita tão bem explicada!! Parabéns p quem postou.

  • terezinha

    olá gostei da receita a minha esta quase pronta …bjOs

  • Pâmela Testa

    Vou fazer amanhã, já coloquei de molho! Espero que fique uma delícia também!
    Parabéns pela didática na receita.

  • Nessa

    Show!!! Muito bem explicado. Parabėns!
    Estou fazendo, depois volto para dar o resultado. Obrigada.

  • Josiele

    Muito bem explicado, vou fazer agora. Obrigado.

  • simone

    vou preparar a minha já…

  • vitoria

    bein legal adorei kk

  • Lia

    Vou fazer a minha agora, depois eu conto a vcs como ficou.

  • faby

    Fiz essa receita com muita segurança apesar de ter sido a primeira vez que eu fiz uma canjica.
    Amei a receita super bem explicada e depois de tudo…
    saiu uma deliciosa e cremosa canjica.
    muito obrigada pela receita adoreiiiiiiiii.

Previous post:

Next post: