Bolo Rosa ♥

Você pode entrar na cozinha para fazer uma receita e dar tudo errado. Vai ter valido a pena se você tiver feito tudo prestando atenção em cada ingrediente, na beleza particular de cada um.

Já reparou no quanto a gema é uma graça? ♥ Já pegou ela na mão, só ela, pra sentir o quanto é delicadinha e frágil? E a farinha que vai pelos ares quando você vira o saco? E o leite que fica todo espertinho quando ferve e, se você der mole, derrama-se todo no fogão, revelando aquele cheirinho gostoso de leite queimado.

Sério, não é papo de mulherzinha… Qualquer homem um pouco sensível será capaz de ver as coisas desta forma.

Se você começar a perceber a beleza de cada coisa, vai começar a amar cozinhar. Aí não vai mais ter jeito, tudo vai dar certo.

Eu fiz isso junto da equipe mais talentosa que eu conheço e olha no que deu:

[pinit]

Este video fez parte da “Caixinha de Dicas“, do Especial do Bolsa de Mulher para mês da mulher, que já passou. (Teve também o da Pipoca de Chocolate, você já viu?)

Aqui vai a receita do Bolo Rosa, para facilitar a sua vida. Eu sei que você assiste ao video repetidas vezes e nunca consegue prestar atenção na receita em si, porque ele te faz ver tudo isso que eu falei lá em cima…

Receita de Bolo Rosa

Ingredientes:

5 ovos

3 xicaras (chá) de açúcar

3 xicaras (chá) de farinha de trigo

1 xicara (chá) de leite

1 colher (sopa) de manteiga sem sal, bem cheia

1 colher (sopa) de fermento em pó (teste na água em temperatura ambiente para ver se está bom. Se formar várias bolhinhas, pode usar)

Açúcar de confeiteiro (ele é bem fininho e fica junto com o açúcar refinado no supermercado)

Manteiga e farinha para untar a forma

Modo de preparo:

Comece já untando a forma (de tamanho médio, porque o bolo cresce bem e a idéia é que ele fique altinho até uns 4 dedos, no máximo. Se usar uma forma pequena, ele não vai caber e se for uma grande demais, não vai ficar alto e fofinho. A minha forma tem 26 cm de diâmetro – e é linda). Enfarinhe depois de untar com a manteiga, polvilhando a farinha sobre toda a superfície, incluindo as bordas. Depois de pronto, bata a forma de cabeça para baixo sobre a pia, para remover o excesso de farinha.

Ops, “untar” é “lambuzar”, caso você ainda não saiba!

Ligue o forno e deixe aquecendo a 160ºC.

Separe as gemas das claras. Se nunca tiver feito isso, veja como separá-las usando a própria casca do ovo, bem no comecinho do video (0:15).

Não é certo e nem higiênico mas, se você não conseguir de jeito nenhum, quebre os ovos em um potinho separado, um a um, sem deixar a gema furar. Pegue a gema com a mão (o máximo limpa possível). Depois não faça isso nunca mais! Compre um separador de gemas em uma loja qualquer de utilidades domésticas, ele vai te ajudar daí pra frente.

Bata as claras em uma batedeira, até ficarem bem branquinhas e firmes. (É isso que chamamos de “bater em neve”)

Tire a batedeira de cena, você não vai mais precisar dela.

Acrescente na clara em neve as gemas, o açúcar e a farinha de trigo, mexendo com uma espátula de silicone ou uma colher de pau (exceto se for em um estabelecimento comercial, por causa da vigilância sanitária que a proibiu!!).

Mexa suavemente, um de cada vez, até que todos se incorporem à mistura. Não bata muito porque queremos manter as claras aeradas, para o bolo ficar fofinho.

Ferva o leite, vai ser rapidinho. Fique de olho… Desligue quando o leite subir!

Adicione a manteiga ao leite e misture até ela derreter.

Acrescente o leite fervendo com a manteiga à massa e misture calmamente até que fique homogêneo (tudo igual).

Vai ter virado uma “meleca”, mas o fermento vai devolver a consistência!

Adicione o fermento e mexa mais um pouco. Se der bolinhas, bata um pouquinho na batedeira.

Despeje no tabuleiro untado e polvilhado.

Este bolo demora, em média, 30 minutos para assar. Ao final deste tempo (ou até um pouco antes), dê uma olhada nas bordas do bolo (que devem estar soltas da forma) e na cor (que deve estar dourada). Se estiver tudo ok, abra o forno e fure com um palito de cozinha (ou de churrasco). Se sair limpinho, é porque o bolo já assou. Se sair sujo, diminua um pouco a temperatura do fogão e espere mais uns 5 minutos para testar novamente.

Eu fiz o bolo ficar rosa com umas gotinhas de corante vermelho. Veja que eu separei a massa em duas cores, para fazer umas mesclas. Se quiser, faça ele todinho rosa ou da cor que quiser. Pode ser até como o Bolo Colorido, que é muito divertido. Coloque o corante quando a massa estiver pronta!

Espere esfriar para desenformar. Basta colocar um prato grande sobre a forma redonda (maior do que ela, claro!) e virar para o bolo cair sobre ele.

Se sua forma for quadrada, faça isso sobre uma bandeja.

Você também pode fatiar e tirar os pedaços, caso não tenha um prato para bolo ou uma bandeja.

Use uma peneira (para fins culinários, faça-me o favor!) para polvilhar o açúcar sobre o bolo. Não precisa colocar tanto quanto eu coloquei no video!

Este bolo é uma delícia para tomar um chá com as bonecas, um café com a vovó ou um leite com a família toda em volta da mesa do café-da-manhã… Vai muito bem com geléias ou com a cobertura que quiser inventar (Veja idéias de Coberturas e Recheios Doces). Neste caso, não cubra com o açúcar!

Bon Appétit!

OBS.: Nem preciso dizer que estou completamente ♥ in love ♥ com este video lindo de morrer, né? Imagine quantos litros eu já babei desde a primeira vez que eu vi?? Uma amiga me disse que foi a primeira vez que ela teve vontade de chorar vendo uma receita! Isso deve ser bom, né? =) Eu fiquei arrepiada com o resultado, porque era assim mesmo que eu via o meu bolo ficando pronto…

Mostre isso pro mundo:

Quem escreve

Criei este blog em 2007 como quem não quer nada e ele se tornou a melhor coisa que já fiz na vida! Aqui eu compartilho tudo o que sei sobre culinária, conto minhas histórias e ajudo quem precisa das primeiras lições na cozinha.

14 comentários… add one

Leave a Comment