Raiva de Chocolate em plena Semana Santa

Ó, vou contar.

Era para este ser um post super bem-sucedido, com a receita do um ovo de nhá benta que eu prometi.

Ontem à noite eu estava fazendo o tal ovo de Páscoa na cozinha. O final da história é uma forminha quebrada num ataque de fúria e um ovo de chocolate mole espatifado no fundo da pia.

Quando eu tinha menos de 20 anos, fiz esse mesmo ovo e deu certo (fora o marshmallow que era outro). Agora que eu sou uma burra velha dona de um blog de culinária ele tem que dar errado?

Burra mesmo, porque não tem outro nome para a orelhada que eu fiz com esse ovo. Tenho até vergonha de contar porque vou perder a moral.

Tá bom, vai. Eu conto.

É que eu fiz uma camadinha só de chocolate e o ovo ficou muito, muito, muito fino. Poxa, eu não tenho experiência com essas coisas!! E sei lá, eu não pensei mesmo na hora! Acho que não faço isso há tantos anos que não me lembrei também de como era feito.

Ok, qualquer inexperiente inteligente teria feito o ovo mais grosso do que eu fiz, pensando que ele tem que sair de dentro da forma inteiro.

Será???

Aaah, não adianta entrar em crise de novo porque não sobrou forminha para quebrar hoje. Vamos passar por cima disso!!

Eu sempre falo que trabalhar com chocolate é muito difícil. Pra ser sincera, eu acho um porre mas gosto quando fica pronto.

Bem, nem sempre, né? Às vezes eu atiro no fundo da pia (se não fosse por não querer limpar a casa mais vezes do que já limpo, com certeza miraria na parede!).

Quando eu falo que sou desastrada na cozinha e que é exatamente porque não sou chef que sei escrever para os iniciantes (muito mais próximos da minha realidade), ninguém me dá bola!

Hoje eu saí do trabalho na hora do almoço e parti em busca de forminhas novas. Queria chegar em casa e fazer os ovos de novo, para postar ainda hoje. Claro que eu não encontrei, senão a história não teria graça.

Hoje ainda é terça-feira, vai dar tempo de você fazer para a Páscoa.

Né?

Mostre isso pro mundo:

Quem escreve

Criei este blog em 2007 como quem não quer nada e ele se tornou a melhor coisa que já fiz na vida! Aqui eu compartilho tudo o que sei sobre culinária, conto minhas histórias e ajudo quem precisa das primeiras lições na cozinha.

Comments on this entry are closed.