Como apagar o fogo da pimenta

Pode acontecer de você ganhar muita autoconfiança depois que começar a usar este blog e acabar exagerando na quantidade de pimenta ao preparar um prato pela primeira vez.

Quando isso acontecer, siga as instruções de emergência:

– Se for pimenta líquida ou em pó, aumente a quantidade dos outros ingredientes. Coloque de tudo mais um pouco, menos a pimenta, claro.

– Se for em pedaços ou inteira, retire-a todinha da panela assim que perceber que o sabor está ficando muito picante, ainda durante o preparo (lembra que eu falei que é bom experimentar?). Sirva os pedaços separadamente para quem curte uma hemorroida gostosinha pimenta bem forte!

Da próxima vez, deixe a pimenta na panela por um breve espaço de tempo antes de tirar os pedaços. Ah, quando a pimenta tiver sementes, faça um corte e retire-as. Elas carregam a ardência, então regule a quantidade das sementes na próxima oportunidade.

– Sirva o prato com amido, ele ameniza a ardência. Misture a comida apimentada com arroz, batata, farinhas, pães, tortilhas ou também creme de leite. Se tiver convidados, faça de um jeito que a pessoa seja obrigada a ingerir tudo junto, use sua criatividade!

Se o fogo já estiver pegando na boca de alguém, não dê água!!!

Fogo de pimenta não se apaga com água. É que a substância química que faz a boca arder com a pimenta não se dissolve facilmente na água e ela só vai espalhar ainda mais a queimação.

Controle o incêndio com sal, leite ou pão! O sal é rápido no gatilho. Os mexicanos sabem bem disso.

Os laticínios (leite, queijo, creme de leite, iogurte) ajudam graças à “caseína”, uma proteína presente no leite e derivados. Ela quebra a ligação entre o composto químico que causa a queimação (“capsaicina”, para os mais aprofundados) e os receptores do paladar.

O pão branco, a tortilha e o biscoito de água e sal absorvem a queimação produzida pela capsaicina, essa aí de cima.

Ah, e eu tenho uma técnica que desenvolvi comendo esses chips aí da foto (UTZ Red Hot Potato Chips, que são tão maravilhosos quanto picantes mas infelizmente não se encontra no Brasil).

Se o bicho pegar mesmo, pare de respirar pelo nariz e abra a boca. Mastigue de boca aberta (é…), vai te ajudar a não engasgar! Só não me pergunte a explicação científica pra essa minha constatação porque não há.

Mostre isso pro mundo:

Quem escreve

Criei este blog em 2007 como quem não quer nada e ele se tornou a melhor coisa que já fiz na vida! Aqui eu compartilho tudo o que sei sobre culinária, conto minhas histórias e ajudo quem precisa das primeiras lições na cozinha.

Comments on this entry are closed.