Sanduíche crocante de pepino

E por falar em pepino, me lembrei de uma dica das boas.

Sabe o que deixa um sanduíche verdadeiramente crocante?

Não é batata palha.

Não é cebola chips.

Não é sucrilhos.

Não, não é o que você está pensando, seja lá o que for.

É uma boa fatia de pepino com casca.

Isso mesmo, pepino com casca! (Sem papo de “dá azia”, eu já disse que a casca do pepino vai resolver isso.)

Aprendi isso faz anos, muitos anos. Tínhamos uma vizinha na minha rua que era obesa (a maior pessoa que eu já havia visto na vida) e que emagreceu o equivalente a umas duas crianças iguais a mim na época, caminhando freneticamente e comendo sanduíches fartos e deliciosos no jantar. Eles eram bastante apetitosos e foi o médico (ou seria o nutricionista?) quem passou a receita para ela.

Eu e minha mãe ficamos com água na boca e aprendemos a fazer. É, a gente realmente ficou querendo comer o jantar de dieta da vizinha, então você imagina, no mínimo, o cheiro bom que ele tinha. Claro que com o tempo algumas adaptações foram acontecendo, mas a essência tá lá (o pepino)! Coisa simples que a gente nunca imagina o quanto fica bom.

Você pode fazer como quiser mas tem uns ingredientes básicos. Lá vai:

Receita de Sanduíche Crocante com Pepino

1 pão francês (ou outro que preferir, mas o dela era o francês)

1 colher de maionese ou requeijão (ou o que você achar melhor, como pasta de soja, pasta de ricota…)

2 ou 3 folhas de alface americana (depende do tamanho da folha, você vai colocando e vê quantas cabem. Pode ser outro tipo de alface, mas a americana é mais crocante)

1 filé de frango grelhado (inteiro ou desfiado – ou fatias de peito de peru, para quem não sabe grelhar um frango ou está sem essa opção na geladeira)

4 ou 5 fatias grossas de pepino (corte grosseiramente, mas também não é para ter um dedo de espessura. A quantidade é mais ou menos essa, vá colocando uma fatia ao lado da outra)

3 ou 4 fatias grossas de queijo prato light (pode ser sem ser light também, você escolhe. Acho que o queijo prato cai muito bem, mas você pode sempre usar aquele que gosta mais. As fatias devem ser cortadas no mesmo esquema do pepino, grosseiramente. Veja quantas cabem, sempre colocando uma do lado da outra)

Sal para temperar a alface e o pepino  (não precisa, eu não uso, mas você pode usar se quiser)

Modo de preparo:

Parta o pão se for de partir. (Pão de forma não precisa, se você estiver com uma “?” estampada na testa.)

Passe a maionese ou o outro ingrediente que escolheu nos dois lados internos do pão (que vão ficar virados para dentro, óbvio).

Coloque o frango. Por cima dele, o queijo.

Sobre o queijo, coloque o pepino e depois o alface.

Feche o pão! (Ou coloque por cima a outra fatia que você já preparou, com o recheio para dentro!)

Dê uma mordida e surpreenda-se com a crocância incomparável do pepino.

Depois conta aqui o que achou!

Ah!! Esse aí da foto foi feito com pasta de soja de alho e cebolinha, peito de peru, queijo prato light e alface roxa.

Bon Appétit!

 

Mostre isso pro mundo:

Quem escreve

Criei este blog em 2007 como quem não quer nada e ele se tornou a melhor coisa que já fiz na vida! Aqui eu compartilho tudo o que sei sobre culinária, conto minhas histórias e ajudo quem precisa das primeiras lições na cozinha.

Comments on this entry are closed.

  • Faah Silva

    Eu adorei essa receitinha , super fácil, tava precisando de algumas assim para a minha dieta, mas eu vou tirar algumas “gordices” tipo a maionese kk vou deixar apenas o queijo rs EU ADOREI ESSE SITE vocês estão de parabéns . bjokas :*

  • Beth

    Que delíciaa, amo pepina!

Anterior:

Próximo: