Quando tem fração nos ingredientes

É tão fácil quando uma receita leva ingredientes com medidas inteiras, ninguém fica confuso com essas quantidades. Acontece que nem sempre a quantidade de manteiga necessária é um tablete todo e nem sempre uma colher de pimenta pode ser acrescentada inteira. É comum a gente precisar de quantidades quebradas dos mais variados ingredientes.

Aí é que vem o problema de matemática que às vezes não consegue ser resolvido.

Essas medidas precisam ser colocadas na receita de alguma maneira e, por uma questão de padronização, na maioria das vezes essas quantidades são representadas assim: “1/2 xícara”, “1 1/2 colher”. No entanto, muita gente já se esqueceu do que aprendeu há muitos anos na escola e se enche de dúvidas com essas medidas fracionárias.

Trabalhei por um tempo como editora de gastronomia no site de um canal de TV que tem muitos programas de culinária, você sabe qual é. De vez em sempre, vinha alguém da equipe esclarecer alguma treta que dava no SAC, de pessoas reclamando que a quantidade de um ingrediente estava errada no site e blábláblá. Quando a pessoa que fazia esses atendimentos vinha na minha direção, meu alerta “problema na leitura de frações” já acionava. E era sempre isso, sempre mesmo.

Na verdade eu já lidava com esse probleminha há muito tempo aqui no blog; minha experiência escrevendo receitas para um enorme público começou em 2007. Agora, com o novo canal do Socorro na Cozinha no YouTube, eu resolvi fazer logo um vídeo explicando essa história de fração, para ajudar um pouco a galera.

Por que existe fração na cozinha e como ler isso:


Depois de assistir a essa pequena aulinha de matemática, acho que vai ficar mais fácil entender que, quando a receita pedir “1/4” de alguma coisa, você precisa dividir essa “alguma coisa” em 4 partes iguais e usar apenas uma delas.

Também acho que ninguém mais vai ficar mirabolando cálculos quando a medida for uma quantidade inteira mais uma quantidade fracionária (“2 2/4”, por exemplo). Agora já está dito que o que vem primeiro é um número inteiro mesmo e que o que vem depois, é fração mesmo. O fato de eles estarem juntinhos não muda a natureza desses números, eles são só amigos.

Se você prestar atenção, tem  sempre um espacinho dividindo os números, porque senão ficaria “22/4” e não “2 2/4”. Tem que se ligar no espaço, ele significa muita coisa! O número inteiro e a fração, juntos, dizem a quantidade exata do que você precisa providenciar de um ingrediente para a sua receita.

Veja como pode dar errado se você não prestar atenção no espaço:

“1 1/2 colher de sal”: a pessoa não se ligou no espaço e leu “11/2”. Aí ela foi, mediu onze metades de uma colher de sal e foi colocando tudo na receita, de meia em meia colher, até chegar à 11ª. No fim, em vez de usar 1 colher e 1/2, ela usou 11 metades de colher, o que seria o mesmo que cinco colheres inteiras e mais uma metade (ou “5 1/2”).

Viu onde mora o perigo?

“Mas Vanessa, e se eu não perceber que tem um espaço e achar que é 11/2 mesmo, em vez de 1 1/2? Como que eu posso garantir que li direito?”

Justo. Esta é uma dúvida pertinente.

Pode ter certeza que, se a pessoa que escreveu a receita quisesse que você usasse “11 metades de colheres de sal”, ela iria escrever “5 1/2 colheres”, porque só representamos como fração aquilo que não pode ser considerado inteiro. Não faz sentido pedir para você adicionar partes de coisas, se não houver necessidade disso. Vá por mim.

Depois de tratar do assunto com mais cuidado e atenção, espero que todos que precisam desse socorro encontrem este post aqui no blog e o vídeo no YouTube. Você também pode ajudar compartilhando para aquele amigo ou amiga que possa estar precisando dessa ajudinha! 😉

Mostre isso pro mundo:

Quem escreve

Criei este blog em 2007 como quem não quer nada e ele se tornou a melhor coisa que já fiz na vida! Aqui eu compartilho tudo o que sei sobre culinária, conto minhas histórias e ajudo quem precisa das primeiras lições na cozinha.

Comments on this entry are closed.