1 ano em Saturno, A festa!

Eu sei que estou de muito blá blá blá e nada de receita, mas preciso falar da minha festa de aniversário, que foi 1 mês atrás. Vou pedir uma licencinha para um papo totalmente nada a ver com gastronomia mas é que é o tema da minha festa e faz parte da vida ler o que dá na telha da blogueira escrever.

Fiz 28 anos e entrei numa fase muito importante na astrologia, o “Retorno de Saturno”. Vou explicar:

A Terra gira em torno no sol, como você já sabe.  Então, sempre que ela passa pelo ponto em que estava no dia e horário em que você nasceu, você completa mais um ano de vida.

Saturno demora muito, mas muito tempo para completar a volta em torno do sol. Quando ele está “por ali” de novo, naquele mesmo ponto que estava quando você nasceu, a astrologia chama de “Retorno de Saturno” e isso é entre os 28 e 30 anos da pessoa.

Nessa transição, muitas coisas importantes acontecem na nossa vida. Minha tia saca tudo de astrologia (eu nunca me liguei muito nisso não) e sempre falou sobre os 28 anos como “a hora da verdade”, quando “tudo o que é bom fica e tudo que não presta vai embora”.

Eu ficava curiosa para ver se isso ia mesmo acontecer e vou bem te falar que foi assustadoramente revolucionária a minha entrada nos 28.

Leia mais sobre esse assunto aqui e aqui (é interessante!).

Pois bem. Como o Saturno chegou chegando desde uns meses antes do meu aniversário, resolvi fazer uma festa para comemorar o retorno dele e o meu primeiro ano saturnino. É, por que comemorar 28 anos se estou fazendo 1 aninho em outro planeta?

Escolhi as cores amarelo e cinza para a festa. Cores concretas, discretas e que ficam fofas juntas.

Toda a decoração era de uma cor ou outra (ou branco). Comecei os preparativos umas três semanas antes, o que me possibilitou cuidar dos mínimos detalhes, como customizar cada copo descartável da festa, fazer meu próprio prato para doces (na foto) e cobrir uma lanterna japonesa com forminhas de docinho. Também pintei bandejas, fiz pompons, dobrei saquinhos de papel e mais umas outras várias coisas.

Fiz esse prato de 4 andares com pratos e copos de plástico, cola quente, tinta spray e aviamentos!

Convidei quase que uma pessoa por m² da minha casa (e queria ter convidado muitas outras pessoas, mas realmente não cabia). Enviei o convite já avisando que ia ser esquema de índio, para sentar no chão mesmo. Todo mundo entrou no clima, teve até gente pedindo publicamente para fazer uma reserva da privada.

Gastei horrores com a decoração – mesmo tendo feito tudo em casa. Por isso, precisei economizar o quanto pude na comida e na bebida.

Era uma sexta-feira e imaginei que o povo iria chegar com fome, então fiz muita quantidade de tudo (é, eu sou farta demais). Nem preciso dizer que errei feio na quantidade, né? Dava para ter feito 3 festas e ainda sobraria coisa.

Confira o cardápio e guarde as dicas para economizar na sua festa:

Caldo verde (esse foi minha avó que fez. Eu pedi uma panelona de caldo verde de aniversário e ela respondeu: “Mas você já tem tanta panela, minha filha!…) 😀

Cachorro-quente

Batata Smiles

Doritos com dip de queijo cheddar super picante

Batata Ruffles

Pipoca (de microondas, para simplificar)

Sanduíches de queijo, presunto e maionese sabor tártaro

Cupcakes de chocolate com marshmallow (aquele igual ao da nhá benta)

Brigadeiro enrolado

Brigadeiro de colher

Merengue de copinho

Marshmallows

Amêndoas confeitadas

Cake pops (se é que posso contar com eles, porque não deu tempo de terminar e acabei finalizando só uns 6 enquanto a festa rolava, para não dizer que não tinha)

Mate limão

Refrigerantes

Cachaça

Vodkas de todos os tipos (que eu já tinha em casa)

Morangos e limões prontinhos para preparar caipirinhas (esquema cada um faz a sua)

Bacardi Mojito (a única bebida destilada que realmente beberam até acabar)

Cerveja (essas os convidados que trouxeram)

Água

Foi um cardápio econômico, com certeza. Se você for fazer uma festa, aproveite as dicas das comidas. Quanto às bebidas, aproveite sempre aquelas que você já tem.

Quando me dei conta, tinha mais de 30 pessoas dentro da minha mini casa. Foi muito caloroso!

Só preciso confessar que eu nunca consigo terminar os preparativos a tempo. Desta vez não foi diferente, apesar de eu ter me planejado tão bem a ponto de fazer uma planilha no Excel com uma projeção de quantos convidados estariam presentes em cada faixa horária definida por mim. A louca.

Marquei para 19:30h e estava ainda pendurando pompom nesse horário. Faltava tipo tudo: fazer o cachorro-quente, colocar os snacks nos saquinhos, montar e cortar os sanduíches, finalizar os cake pops, fazer o mate, colocar cada comida e bebida em seu lugar, montar a mesa, tomar banho e me arrumar…

Tive vontade de sentar e chorar, mas aí apareceram umas amigas salvadoras da pátria que me ajudaram muito. O auge foi quando uma delas disse assim: “Se você tomar banho e começar a fazer o cachorro-quente depois, vão achar que é só um detalhe sendo acertado, mas se ficar do jeito que está, vão ver que a festa não está pronta e vai pegar mal”. Sábias palavras, lembre-se delas quando se encontrar  na mesma situação.

Não dá para fazer tudo sozinha quando se quer tratar das coisas com precisão de detalhes. Para fazer toda a comida e organizar a festa (servir as coisas, colocar comidas e bebidas em seus devidos lugares), a decoração deveria estar no lugar até, no máximo, 2 dias antes. Planejei para que fosse assim, mas aquela semana foi bem agitada no meu campo profissional e aí: já era!

Quando imprevistos acontecem, a gente tem que abrir mão de alguma coisa, ser flexível com o que foi planejado para que a coisa flua. Eu deveria ter feito isso horas antes mas acabei cedendo em cima da hora mesmo.

Enfim, a festa começou e foi o melhor aniversário dos últimos 12 anos. Não sei nem expressar a felicidade que estava com o meu Saturno e meus amigos dentro da minha casa, no maior auê.

Quando tudo acabou, acendi a luz e me joguei no sofá, ainda inebriada com tanta felicidade. Foi só aí que me lembrei (#fail de novo) que precisava ter fotografado tudo tudo tudo para colocar aqui no blog, antes da festa começar. É, não teria dado mesmo tempo, então me contentei com a foto de celular do fim de festa para minhas recordações.

Aí eu percebi que quando sua festa é feita com a maior alegria do mundo, fica linda até no fim!

Fim de festa!

Os cupcakes!

Mostre isso pro mundo:

Quem escreve

Criei este blog em 2007 como quem não quer nada e ele se tornou a melhor coisa que já fiz na vida! Aqui eu compartilho tudo o que sei sobre culinária, conto minhas histórias e ajudo quem precisa das primeiras lições na cozinha.

Comments on this entry are closed.

  • Ficou realmente linda a sua festa!! Parabéns nos ricos detalhes.

    Bjuuuu!!!

  • Lilian Rodrigues

    Gente do céu! Eu AMEI o blog =D Entrei pq achei no Google um resultado para receita achocolatado alpino. Nem lembro o resultado, pq depois que naveguei no mundo dos posts de Nutella minha vida NUNCA mais será a mesma kkkkkkkk
    Amei, amei! Desejo MTO sucesso =D